04 tendências de Tecnologia da Informação para você utilizar na sua empresa

Você certamente já ouviu falar alguma coisa sobre Inteligência Artificial, Big Data, UI, UX, Machine Learning... essas são algumas das novas aplicações da Tecnologia que já estão rodando no Brasil e no mundo e que tendem a se difundir cada vez mais entre empresas de diversos setores da economia global.

Também é provável que você já tenha interagido ou “alimentado” algum desses sistemas com informações suas em algum website, dispositivo, aplicativo ou serviço online nos últimos tempos.

A seguir nós listamos 05 tendências de Tecnologia da Informação que são expoentes dessa Transformação Digital para você acompanhar de perto e qual a utilização possível para sua atuação profissional ou da sua empresa.

01 Inteligência Artificial

A Inteligência Artificial (IA) é uma realidade que está sendo implantada aos poucos em várias empresas do mundo. Com níveis de complexidades distintos, a IA é possível de ser aplicada em tarefas repetitivas, onde é possível “treinar” um programa para identificar padrões e tomar determinadas decisões para executar ações específicas a partir dos padrões “ensinados” ao programa.

Pela lógica da repetibilidade da IA, as máquinas poderão substituir o trabalho humano em diversos setores, como caixa de supermercado, contabilidade e linhas de produção industriais, como já acontece em muitas organizações mundo afora.

Exemplos famosos do uso de Inteligência Artificial são os carros autônomos da Google, que dispensam a necessidade de motorista, o Deep Blue, super computador da IBM que venceu o campeão mundial de xadrez em 1997, a Siri, assistente virtual da Apple para dispositivos com sistema iOS, os chatbots do Facebook Messenger e também bastante difundido nas lojas virtuais, inclusive no Brasil.

02 Machine Learning

Machine Learning é um sub campo da Inteligência Artificial que funciona basicamente através de algoritmos de Aprendizado de Máquina (machine learning) que encontra padrões em meio a um emaranhado de dados, organizando a coleta e análise dessas informações para expor cenários humanamente impossíveis de serem descobertos.

O Machine Learning pode ser utilizado em múltiplos segmentos, como varejo, gestão empresarial, economia, mercado financeiro, saúde, segurança da informação entre diversos outros setores.

Para entender um pouco melhor, tomamos como exemplo uma operadora de telefonia. Quais os dados dos consumidores são importantes para ela? Quais são os tipos de ligações que seus usuários mais fazem? São ligações locais ou de longa distância? Em qual horário ou dia os clientes fazem mais ligações? Que serviços mais usam? O uso fica mais intenso em feriados? Qual a duração média das chamadas? Qual o perfil dos seus usuários? São homens, mulheres, com qual idade e de qual localidade?

O cruzamento dessas informações com técnicas de machine learning permite que a empresa defina planos que se adaptem melhor às necessidades e às demandas de seus usuários, implementando estratégias de marketing mais efetivas para aumentar suas vendas e melhorar seu atendimento com o cliente.

03 Interface do Usuário

A User Interface, ou Interface do Usuário, é o campo da tecnologia que agrega tudo o que diz respeito à interação dos usuários, seja de um website, um sistema, um aplicativo, um software, uma rede social, entre outros. Esse campo é um dos mais efervescentes da Tecnologia atual, se misturando com outro termo chamado de User Experience ou Experiência do Usuário, com interações cada vez mais mediadas por meios digitais, com menos interações com humanos. É possível, atualmente, que usuários adquiram produtos e serviços somente pela Internet, sem a necessidade de interagir com um atendente, vendedor ou consultor das instituições. Otimizações e automações nesse campo podem significar a sobrevivência de muitas empresas ou então que muitos negócios se consolidem essencialmente no digital. São os casos das startups que criam negócios de base tecnológica que sejam escaláveis exponencialmente com a mesma estrutura, pois podem dar conta de um grande número de usuários ou clientes, sem a necessidade de contratar mais pessoas por exemplo. Casos célebres são Netflix, Uber e Nubank, por exemplo.

Uma das tecnologias abarcadas dentro desse campo é o comando de voz, onde já não é mais necessário olhar para uma tela e ter que digitar para fazer o que se deseja. Da mesma forma, o visual de sites e aplicativos deve mudar, com o intuito de ser o mais fluído, natural e prático possível para os usuários, não importa se eles já o utilizam há anos e anos ou se é o primeiro contato.

Essa é uma das tendências de TI que sempre deve mudar com o passar do tempo, mas o objetivo sempre será o de facilitar para o usuário. Quem não se atentar a isso pode perder uma grande fatia do mercado.

04 Big Data

A quantidade exponencial de dados que está sendo produzida é de 2,5 quintilhões de bytes por dia, de acordo com a IBM. Essa incrível quantidade aumenta mais e mais a medida que a transformação digital vai avançando passos e entrando no dia-a-dia das pessoas.

O Big Data é a tecnologia que abarca essa coleta, organização e execução de grandes massas de dados, aplicando-se inteligência para perceber cenários, sugerir tomadas de decisões, identificar padrões e interpretar informações a partir de dados imputados em um sistema.

Convergência

Big Data, Inteligência Artificial, Machine Learning, Interface do Usuário e outras tecnologias podem e serão utilizadas em conjunto, um recurso complementando outro e formando uma máquina tecnológica avançada.

Outras tecnologias também já estão difundidas e sendo utilizadas em conjunto para o crescimento de negócios, como a computação em nuvem, realidade virtual, realidade aumentada, blockchain, entre outras.

Quer saber como a Tecnologia pode fazer seu negócios crescer e prosperar dentro do seu ramo de atuação? Entre em contato com a Base e agende uma conversa com nossos consultores especialistas em Gestão da Tecnologia da Informação. (Entre em contato)